domingo, 27 de janeiro de 2013

Dias 45 - 131 ou Como não entrar na medicina preventiva


Lá no dia 45 a Dra. Gisele tinha me dito que eu precisava perder 5% do meu peso. Isso pareceu ilusóriamente fácil. Eu comecei a ficar cada vez mais nervosa com a meta e comia em pior qualidade o resultado foi que não perdi nadinha.

Na próxima consulta (08/12/2011 - dia 74) com a nutricionista eu estava nervosa e mencionei o nervosismo solicitando o acompanhamento da psicóloga, o que foi negado.

Bem, eu sabia que o nervosismo estava acabando comigo, entrei na ans solicitando o direito de passar em consulta com a psicóloga e no dia 19/12/2011 (85)eu consegui passar com ela. Fez as mesmas perguntas dos outros 2 médicos (prontuário para quê né) e me encaminhou para a terapia como eu havia pedido. Agora conseguir a avaliação da terapia foi um parto. Eu só consegui fazer isso em março, lá pelo dia 07....

Voltando nesse mesmo dia 85 passei com o Endócrino, que me passou uma fórmula para queimar gordura, que não tenho a mínima vergonha de dizer que não fiz e nem tomei.Se esse negócio de fórmula fosse bom, poderíamos tomar o tempo todo, e não é isso que os médicos falam. Tão logo paramos de tomar engordamos os quilos perdidos e eles trazem outros adicionais.

Dia 131 (03/02/2012) eu passei novamente com a nutricionista e adivinhem: Não perdi nem 200 graminhas... ô derrota! Nada de medicina preventiva!

E eis aqui o meu relato de como não entrar para o grupo de medicina preventiva!

Nenhum comentário:

Postar um comentário